Gaúcho do Paraná

Vaneira – MI
Letra: Júlio Cézar Leonardi
Música: Júlio Cézar Leonardi

Com muito orgulho, eu canto a terra onde nasci, pois foi aqui, no Paraná, que fui criado;
mãe nordestina e pai gaúcho se encontraram e encravaram suas raízes neste Estado,
terra de povos caigangue e guarani, índios tupi e carijó, que aqui viviam,
nos ensinaram tomar mate e chimarrão, a mais pura tradição que cultivamos hoje em dia;

            Eu sou gaúcho nascido no Paraná, venho de lá, de uma querência tão feliz;
            eu sou gaúcho, de uma terra hospitaleira, nessa pampa sem fronteira que é o sul do meu País;
            eu sou gaúcho nascido no Paraná, venho de lá, de uma querência tão feliz;
            eu sou gaúcho, de uma terra hospitaleira, nessa pampa sem fronteira que é o sul do meu País.

 

Os portugueses e espanhóis, quando chegaram, aqui fundaram vilas e povoações,
buscando ouro, por entradas e bandeiras, ou nas trincheiras das missões e reduções;
italianos e alemães foram chegando, e do Rio Grande, tantos gaúchos vieram;
criando gado, ou nas lavouras de café, com trabalho e muita fé, seu futuro aqui fizeram.

            Eu sou gaúcho nascido no Paraná, venho de lá, de uma querência tão feliz;
            eu sou gaúcho, de uma terra hospitaleira, nessa pampa sem fronteira que é o sul do meu País;
            eu sou gaúcho nascido no Paraná, venho de lá, de uma querência tão feliz;
            eu sou gaúcho, de uma terra hospitaleira, nessa pampa sem fronteira que é o sul do meu País.

 

Pelos caminhos que os tropeiros percorreram, também se ergueram povos de tanta beleza;
os pinheirais municiaram serrarias, e as ferrovias transportaram as riquezas;
eu abro a gaita pra honrar o gauchismo, com atavismo de um gaúcho bem pilchado;
para alegrar meu coração paranaense, minha prenda rio-grandense vive sempre a meu lado.

            Eu sou gaúcho nascido no Paraná, venho de lá, de uma querência tão feliz;
            eu sou gaúcho, de uma terra hospitaleira, nessa pampa sem fronteira que é o sul do meu País;
            eu sou gaúcho nascido no Paraná, venho de lá, de uma querência tão feliz;
            eu sou gaúcho, de uma terra hospitaleira, nessa pampa sem fronteira que é o sul do meu País.