Meu Capricho
Vaneira
Letra: Júlio Cézar Leonardi
Música: Júlio Cézar Leonardi



Eu quero dançar contigo, prendinha, te balançar pela sala, chinoca,
saracoteando sem sair da linha, enquanto o gaiteiro toca;
nesse compasso me esqueço do mundo, vamos bailando até clarear o dia;
quando me atraco na dança, eu vou fundo, e não te largo, guria.
 
 
Me fala qual o teu nome, agora; tô louco mesmo é pra te abraçar;
me diz, chinoca: onde é que tu mora ? Tô indo te visitar;
vou tomar um mate contigo, em teu rancho; levo no peito paixão e confiança;
eu sou matreiro, num beijo eu desmancho, e a noite vira criança.
 
 
Só não troco a liberdade por nada, não quero nem saber de compromisso;
me afasto de china apaixonada, pois eu não preciso disso;
vivo em surungo, esse é meu capricho, dançando só com  xirua bem feita;
de vez em quando, me sobra um cambicho, e esse gaúcho se ajeita.
 
 
Eu quero dançar contigo, prendinha, te balançar pela sala, chinoca,
saracoteando sem sair da linha, enquanto o gaiteiro toca;
vivo em surungo, esse é meu capricho, dançando só com  xirua bem feita;
de vez em quando, me sobra um cambicho, e esse gaúcho se ajeita.